domingo, 2 de outubro de 2011

UMA RECEITA ESPECIAL!

Hoje, eu vou estender um pouco na postagem, mas se você tiver um tempinho, leia. Será útil para sua vida e de sua família, que é o bem mais precioso que Deus colocou em suas mãos!



Desde pequena sou fascinada pela cozinha... Fui criada a beira de um forno e um fogão a lenha, na casa de uma doce mulher que cuidava de mim enquanto minha mãe trabalhava. 


Lola era minha "Mãe" (era assim que eu a chamava) durante o dia e quando minha mãe de verdade, chegava para me buscar, ela se transformava em Tia Lola.


Tia Lola é  fascinante, cheia de ternura, paciência... Eu amava quando ela fazia meu bolo de aniversário... 
Minha mãe sempre me fala da gratidão que tem pela vida dela... Sempre foi muito amiga, muito próxima... Ajudava minha mãe fazer as minhas festinhas! Assava os nossos pães em seu forno a lenha, cozinhava o feijão da minha mãe em seu fogão... Uma delícia! Tudo parecia ainda mais gostoso, porque era feito na sua casa centenária... 


As lembranças mais fascinantes da minha infância são exatamente daquele lugar, daquela casa, daquela gente.


Mesmo estando longe de minha mãe, eu fui suprida em amor, amizade e cuidados.  


Quando minha mãe parou de trabalhar, eu queria ir lá na casa da Tia Lola todo santo dia! Queria brincar lá, comer goiaba da goiabeira da casa dela, tomar café da tarde com ela, tomar banho de rio com os filhos dela! Minha mãe penou para fazer com que eu me acostumasse a ficar em casa! Lembro que um belo domingo eu disse  queria almoçar na casa da Tia Lola, porque eu estava com saudade da comida dela. E minha mãe foi lá pedir para eu almoçar ... É claro que eu fui toda feliz, me sentindo "A Convidada" ... Jamais uma intrusa (rss)




O terreno da casa dela era enorme... Praticamente um sítio! Tinha tudo! Rio, patos, galinhas, pé de café, azaléias, rosas, margaridas, bananeiras, pé de amora, de goiaba, de ameixa... Brincávamos de pular corda, de casinha no sótão, de pega-pega, esconde-esconde, queimada, casamento atrás da porta (Quer este? Não!!!! Este??? Não!!!! rss), 


Na casa de tia Lola, a cozinha era de chão batido, e havia uma mesa imensa! Ali nós fazíamos todas as nossas refeições, ao som de um rádio que ficava sintonizado em algum programa de música, notícia... Jamais comíamos na frente da TV, computador nem existia! (rss).  Tudo era simples, mas ao mesmo tempo, era de um luxo que não vemos mais com tanta frequência.... Ali conversávamos, ríamos, éramos ensinados, ouvíamos histórias da família, da infância dos mais velhos... E eu lembro de tudo! 


É a respeito desta mesa sempre posta e farta de alimento para o corpo, espirito e para a alma, é que eu queria compartilhar com vocês hoje.


Estou lendo um livro muito bom que se chama a Experiência da Mesa
A autora (Devi Titus) cita uma pesquisa realizada por uma jornalista norte-americana , Mirian Weinstein, sobre o Poder Surpreendente das Refeições em Família


"Ela recorreu a estudos de psicologia, educação, nutrição e sociologia, examinando o fenômeno cultural das refeições familiares... (...) Comer em Família é um Santo Remédio, que melhora drasticamente a qualidade de vida diária, as chances de sucesso dos seus filhos no mundo, a saúde de sua família e nossos valores na sociedade. (...) Refeições em família nos tornam mais inteligentes, fortes, saudáveis e felizes"


A conclusão de Devi Titus:


Mais Inteligentes: Na Mente
Mais Fortes:          No Espírito
Mais Saudáveis:    No Corpo
Mais Felizes:          Na Alma


Fiquei tão encantada com essa conclusão... Amo estar à mesa com minha família e amigos... Sempre amei, como já citei acima relatando passagens da minha infância... 


Vocês já perceberam que quando estamos em conflito com alguém da nossa família, não queremos estar à mesa com esta pessoa? É horrível, não é? Então, de maneira ainda mais intensa é maravilhoso estar à mesa com quem amamos, com amigos, família... 
Há um misterioso conforto, consolo quando nos reunimos para as refeições... Deus está ali... E quando damos graças a Ele por aquele momento, "estamos incluindo outra pessoa à nossa mesa - Deus veio jantar"... (citando Weisntein).






A Receita Especial de Hoje é esta: Cultive este hábito em sua casa, traga seus filhos para a mesa, alimente-os proporcionando alegria, crescimento espiritual, formando-os para a vida! Eles se lembrarão disso para sempre! 
Se você ainda não tiver filhos: proporcione este momento ao seu cônjuge, aos seus pais, aos seus amigos! 


Domingo é dia de estar em família! Agora, vou para a cozinha fazer a nossa refeição, pensando nisso tudo que escrevi aqui para vocês.

Beijos e Deus os abençoe!

13 comentários:

  1. tenha um ótimo domingo para você ;*
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Que lindo esse texto!
    Já estou seguindo!
    bjoos

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto!!! ótimo domingo!! Obrigada por me visitar também!! Mande um abraço p/ sua irmã bióloga companheira de profissão. Bjoss
    http://corinamvieira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Maravilhoso este texto.
    Concordo com voce em genero, numero e grau.
    Refeicoes a mesa, e um dos habitos mais lindos que uma familia pode desenvolver.Nao abro mao!
    Um abraco.

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto! É uma delícia reunir a família toda para um almoço, aproveitar para conversar, relaxar.
    Você escreve muito bem, parabéns!
    Bjo
    Lili
    http://peruasemacao.blogspot.com/
    @Peruas_em_Acao

    ResponderExcluir
  6. Eu concordo com vc...minhas lembranças das refeições em família são maravilhosas!!!!
    Beijo e boa semana
    Helena

    ResponderExcluir
  7. Kelly, as lembranças da infância são as mais fortes, por isso faço questão de sentar a mesa com meu filho e marido, sem tv(acho um horror quem come vendo TV)conversamos, rimos é um momento único! Linda tua historia! Cresci na cozinha da minha vozinha, a comida é nossa ligação com o passado, memorias! Vou comprar esse livro com certeza!
    Beijocas e uma semana abençoada!

    ResponderExcluir
  8. Olá flor, passei para visitar e não pude deixar de seguir.
    Adorei seu Blog.
    Aproveito para convida-la a conhecer meu novo Blog.
    Beijão.
    http://feminina-ao-extremo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Que lindo o q vc escreveu amiga, eu tb tinha (tenho) uma tia q eu amava ir na casa dela, almoçar, passar o dia todo. Que gostoso era viu.
    Aqui somos só eu e meu marido (por enquanto) mas já preservamos desde o início esse hábito de fazermos as refeições juntos. Se tivermos filhos, vamos continuar mantendo essa união q é muito gostosa!
    Bjs e ótima semana
    Vivi
    www.viviass.blogspot.com
    www.meublogdereceitasfavoritas.blogspot.com
    @vivianeass

    ResponderExcluir
  10. Oi Flor... adorei seu blog... estou te seguindo, me segue também???
    Besitos
    Andreza
    http://poblushecia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Kelly,
    Que surpresa agradável conhecer seu blog! De uma sensibilidade incrível.
    Adorei o texto, as palavras bem escolhidas, a dica do livro.
    Eu sou suspeita, pois aqui em casa ainda temos o hábito antigo de sempre nos reunimor às refeições, pleo menos no jantar, quando não dá no almoço.
    Adoro e sempre faço algo de gostoso pra dividir com meus queridos.
    A família, com certeza, é a maior benção que Deus nos deu.
    Prazer em conhece-la.
    Bj,
    Lylia

    ResponderExcluir
  12. Oi Kelly,
    Que surpresa agradável conhecer seu blog! De uma sensibilidade incrível.
    Adorei o texto, as palavras bem escolhidas, a dica do livro.
    Eu sou suspeita, pois aqui em casa ainda temos o hábito antigo de sempre nos reunimor às refeições, pleo menos no jantar, quando não dá no almoço.
    Adoro e sempre faço algo de gostoso pra dividir com meus queridos.
    A família, com certeza, é a maior benção que Deus nos deu.
    Prazer em conhece-la.
    Bj,
    Lylia

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário!
Em alguns minutos ele será lido e em seguida liberado!
Beijos!